Você está aqui:Home » Destaque » Em Brasília, representantes do Sindicato cumprem agenda

Em Brasília, representantes do Sindicato cumprem agenda

 

Cumprindo o calendário sindical, o presidente do Sindicato, Sérgio Giannetto, e os diretores Djalma e Nildes estiveram em Brasília durante essa semana para tratar das nossas questões.

Na terça feira (10) foi realizada reunião, no Ministério dos Transportes, Portos e Aviação, presidida pela ABEPH com a participação das Companhias Docas, da FNP e demais sindicatos para tratar de Acordo Coletivo. Após intenso debate, foi decidido que no dia 25/07, próxima reunião já agendada, haverá continuidade das tratativas cujo objetivo final é um acordo nacional respeitando as especificidades de cada região.

Na reunião, Giannetto manifestou a insatisfação no que se refere à “dedicação” que alguns representantes do CONSAD em retirar direitos e conquistas, deixando até mesmo suas atividades específicas no Conselho de lado, ou seja, não estão preocupados com o desenvolvimento da empresa e seus negócios e sim no desmonte da classe trabalhadora portuária.

Em seguida, encaminharam-se ao gabinete do deputado João Paulo Tavares Papa. O deputado tem se mostrado incansável em encontrar uma solução para sanear o nosso Instituto de Previdência PORTUS.

Na ocasião, o parlamentar relatou o comprometimento do Ministro dos Transportes, Portos e Aviação, Valter Casimiro Silveira, em se empenhar para que tanto o recurso ainda pendente desde 2014 quanto os valores bloqueados judicialmente em processos de cobranças sejam liberados em favor do PORTUS.  Papa espera que a união de esforços resulte na viabilidade financeira para que o trabalho que a ABEPH se prontificou a fazer aponte para alternativas possíveis e aceitas por todos.

Já na quarta-feira (11), o grupo de sindicalistas se reuniu no Tribunal Superior do Trabalho (TST) para tratar das pendências relativas ao Acordo Coletivo pretérito e futuro. O Ministro Renato Paiva, Vice-Presidente, atualmente na presidência do TST, e o assessor Dr. Rogério, expuseram com clareza o empenho da Federação em resolver as questões dos Acordos Coletivos nacionais. O presidente Sergio Giannetto ressaltou que é de suma importância a mediação do Ministro, assim como aconteceu com outras estatais, tendo em vista a intransigência de alguns setores governamentais.

Além de reuniões agendadas, nossos representantes sindicais visitaram gabinetes de parlamentares agindo especificamente em prol das pautas portuárias.

Com tantas dificuldades, a classe trabalhadora brasileira está atravessando um período de grande tensão, uma vez que novamente estamos submetidos a diretrizes governamentais “Temerosas”.

É de conhecimento pleno que nosso dever é zelar pelos direitos e conquistas dos trabalhadores e é com essa meta que temos nos dedicado seja sobre a VPNI, seja para o ACT, seja sobre o PORTUS e toda e qualquer demanda de um, de alguns ou de todos os trabalhadores e trabalhadoras, bem como de suas atividades.

É importante deixar claro que pela nossa dedicação e responsabilidade de sempre, estamos comprometidos, empenhados e confiantes que, havendo unidade da categoria, nossos objetivos serão alcançados.

PORTUÁRIOS E PORTUÁRIAS, A LUTA É ÁRDUA, PORÉM, SÓ QUEM LUTA CONQUISTA!

 

Por Patricia Gavazzoni

ASSCOM Sindicato dos Portuários/RJ

21 2516-1816

Deixe um comentário

© 2013 PortuariosRio. Desenvolvido por WxQuatro

Voltar para o topo